sexta-feira, 19 de dezembro de 2014

Boas Festas!!!



Com as palavras do poeta, que neste ano alçou voo, desejamos a todos(as) um final de ano de bons encontros e que em 2015 estejamos sempre atentos às vozes de fazer nascimentos e aos bons delírios da palavra.

No descomeço era o verbo.
Só depois é que veio o delírio do verbo.
O delírio do verbo estava no começo, lá
onde a criança diz: Eu escuto a cor dos
passarinhos.
A criança não sabe que o verbo escutar não
funciona para cor, mas para som.
Então se a criança muda a função de um
verbo, ele delira.
E pois.
Em poesia que é voz de poeta, que é a voz
de fazer nascimentos —
O verbo tem que pegar delírio.
Manoel de Barros
Uma didática da invenção VII - Livro das Ignorãças

quarta-feira, 17 de dezembro de 2014

Revista Virtual Linha Mestra nº 25

Acessem a Revista Virtual Linha Mestra nº 25, com as comunicações apresentadas no 7º Seminário "O Professor e a Leitura do Jornal". 
Uma publicação da ALB - Associação de Leitura do Brasil
http://linhamestra25.wordpress.com/


Ensaio fotográfico “Papelar”
Marli Wunder e Susana Oliveira Dias

terça-feira, 16 de dezembro de 2014

Informes da 37ª Reunião Nacional da ANPEd - 2015

Prezado/a Associado/a
A diretoria da ANPEd retoma o contato para informar os encaminhamentos relativos à 37ª Reunião Nacional. Como definido em assembleia estatutária de 2012, as Reuniões Nacionais passaram a ocorrer em caráter bienal a partir do último encontro, realizado na Universidade Federal de Goiás - UFG, em 2013. A decisão de realizar as reuniões itinerantes foi orientada pela necessidade de contribuir para o fortalecimento da pós-graduação em Educação em todas as regiões do Brasil.
A 37ª Reunião Nacional da Associação Nacional de Pós-Graduação e Pesquisa em Educação irá realizar-se entre os dias 04 e 08 de outubro de 2015, na Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC, Campus Florianópolis e terá como tema "Plano Nacional de Educação: tensões e perspectivas para a educação pública brasileira". Além de pautar atividades do encontro, como a conferência de abertura e sessões especiais, o assunto evidencia a urgência de se aprofundar a discussão sobre aprovação do PNE (2014-2024). A conferência de abertura será proferida pelo Prof. Dr. Luiz Fernandes Dourado (UFG), que atualmente compõe a Câmara de Educação Superior do Conselho Nacional de Educação.
A realização do evento no sul do país demonstra a preocupação na continuidade de uma descentralização empreendida nos últimos anos: Natal (RN), em 2011, Porto de Galinhas (PE), em 2012, e Goiânia (GO), em 2013.
Em função do caráter bianual do evento foi realizada reunião conjunta entre diretoria, coordenações do Forpred Nacional e Regionais, Comitê Científico e Grupos de Trabalho, em agosto de 2014, no Rio de Janeiro. Nesta reunião foi aprovada a programação geral da 37ª Reunião Nacional com a duração de cinco dias de evento (domingo a quinta). Também foi aprovada a proposta da diretoria de ampliar para 24 trabalhos a serem apresentados em cada GT, incluindo o trabalho encomendado.
O período para submissão de texto/proposta para a 37ª Reunião Nacional terá início em 09 de fevereiro de 2015 e encerrará em 23 de março. O boleto para pagamento da anuidade, com vencimento para 06 de fevereiro foi encaminhado, pelo correio, para todos os associados que pagaram a anuidade de 2013 e/ou 2014. A segunda via do boleto estará disponível a partir de 28 de janeiro em seu cadastro pessoal no portal da ANPEd, após retorno das férias coletivas da Secretaria. Somente os associados quites com a anuidade de 2015 podem submeter textos nas categorias trabalho, pôster ou minicurso. A agenda de 2015 e as regras de submissão de textos da 37ª. Reunião Nacional encontram-se disponíveis no portal da ANPEd, aba 37ª Reunião Nacional.
Cabe lembrar que pelo quarto ano consecutivo o valor da anuidade encontra-se congelado, decisão política desta diretoria para permitir que mais pesquisadores possam participar ativamente da vida de nossa Associação, usufruindo de todos os benefícios e direitos como associados.
A página da 37ª Reunião Nacional está em construção e em breve poderá ser acessada no portal da ANPEd.
Sua participação é muito importante para melhoria e fortalecimento da nossa associação.
Desejamos a você excelentes festas de final de ano e um feliz 2015!
A Diretoria

sexta-feira, 12 de dezembro de 2014

5º CONGRESSO DA SOFELP: SOCIEDADE DE FILOSOFIA DA EDUCAÇÃO DE LÍNGUA PORTUGUESA.
LOCAL: UNICAMP - Campinas, S. P.
DATAS: 26 a 28 de AGOSTO DE 2015.
PROMOÇÃO: SOFELP, FACULDADE DE EDUCAÇÃO DA UNICAMP E PROGRAMA DE PÓS-GRADUAÇÃO EM EDUCAÇÃO DA UNINOVE.

TEMA GERAL: O PAPEL FORMATIVO DA FILOSOFIA.

Para informações, visite a página do evento: http://www.fe.unicamp.br/sofelp/

quarta-feira, 10 de dezembro de 2014

Coleção Hilário Fracalanza, (Leitura literária e mediação)


Acabar de sair mais um livro da Coleção Hilário Fracalanza, (Leitura literária e mediação), o mesmo encontra-se disponível para venda na livraria da ALB: alb.com.br/livraria
Promoção de lançamento.

A experiência de leitura do professor tem sido percebida pelos estudiosos do processo de ensino-aprendizagem da leitura como um componente imprescindível na formação profissional docente e no trabalho desenvolvido em sala de aula. Para se pensar sobre a mediação leitora é fundamental, portanto, não somente refletir sobre a formação do aluno e sobre o papel do mediador, mas também sobre as dimensões do ato de ler para o professor. Ressignificar o ato da leitura, articulando-a tanto a diferentes modos de ler, à diversidade de gêneros literários, quanto às suas relações com as artes, ou ainda às especificidades dos espaços físicos (tais como a biblioteca pode ressituar alguns aspectos dessa prática bem como repensar perspectivas teóricas e metodológicas sobre a mediação leitora. É válido ressaltar que há diversos desafios que os professores enfrentam nas escolas públicas, os quais muitas vezes limitam um desenvolvimento inventivo de atividades de leitura: além de haver entraves materiais estruturais (falta de biblioteca adequada e espaços físicos precários das salas de aula), é constante o desafio de reinventar perspectivas para o trabalho com a leitura e com a palavra literária no ensino de modo a diálogá-las dom o universo plural dos alunos, leitores em formação. É bem verdade que, na grande maioria das escolas, os livros distribuídos pelo Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE) passam a compor e redimensionar os acervos escolares, o que pode ser um material bastante significativo para permitir o contato com obras diversas em atividades de formação do leitor.

Este livro reúne artigos de pesquisadores que participam como conferencistas, palestrantes e docentes dos cursos intensivos do I Encontro de Formação de Mediadores de Leitura. São abordadas, portanto, reflexões teóricas e perspectivas metodológicas para o trabalho com a formação do leitora tanto na sala de aula e em espaços públicos, tais como as bibliotecas, quanto na própria formação do professor.



Eliana Kefalás Oliveira

Giselly Lima de Moraes

Cristiane Marcela Pepe

sábado, 6 de dezembro de 2014

ENCONTRO


Formação de Professores e Programas Institucionais: Políticas Públicas em Contexto
Em 16 de dezembro de 2014, das 09h às 17h15, na FE-Unicamp
Programação e inscrições gratuitas: http://www.fe.unicamp.br/eventoCPFP2014/
Realização: PRG, CCG e CPFP/Unicamp
Apoio: FE-Unicamp e (EA)²

sexta-feira, 5 de dezembro de 2014

POSICIONAMENTO CONTRÁRIO AO PROJETO DE LEI 8099/2014

A diretoria da ALB compartilha da posição contrária ao projeto de LEI 8099/2014, expressa em carta aberta pela  ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE ENSINO DE BIOLOGIA (SBENBIO) e a ASSOCIAÇÃO BRASILEIRA DE PESQUISA EM EDUCAÇÃO EM CIÊNCIAS
(ABRAPEC).



LANÇAMENTO DO LIVRO


O discurso do Althusser sobre educação e sua repercussão no Brasil
Convidada: Profa. Dra. Roselaine Bolognesi (Autora do Livro)
Em 11 de dezembro de 2014, das 17h às 19h, na Sala da Congregação da FE-Unicamp.
Inscrições gratuitas: http://www.fe.unicamp.br/dform/gera.php?form=althusser
Realização: Defhe FE-Unicamp e Senso/FE-Unicamp

segunda-feira, 1 de dezembro de 2014

Liked · 22 hrs · 
 

Brasil | Festival de Cinema Itinerante

O evento, que acontece na cidade de Lisboa, em Portugal, entre os dias 8 e 15 de abril de 2015,
 recebe filmes dos nove membros da Comunidade de Países de Língua Portuguesa. O 6º FESTin 
tem inscrições abertas até 15 de dezembro.

+ info: http://bit.ly/1sYsE0g - ANCINE - Agência Nacional do Cinema

sábado, 29 de novembro de 2014

V SEB - SEMINÁRIO DE EDUCAÇÃO BRASILEIRA




Mudanças atuais na sociedade brasileira e o Sistema Nacional de Educação: Qualidade da educação pública como direito humano
De 09 a 11 de fevereiro de 2015, na Unicamp
Programação e mais informações: http://cedes.preface.com.br/items/items/view/full_event/27/seb
Realização: CEDES-Unicamp

sexta-feira, 28 de novembro de 2014

PALESTRA


A aprendizagem da docência na formação inicial: contribuições do estágio curricular
Convidada: Profa. Dra. Maria Lúcia dos Santos Abib (Universidade de São Paulo - USP)
Em 15 de dezembro de 2014 das 10h às 12h na Sala do NAE da FE-Unicamp
Realização: GEPCE/FE-Unicamp

quinta-feira, 27 de novembro de 2014

SEMINÁRIO


Mapa da Educação Profissional e Técnica no Brasil
Responsáveis: Profa. Dra. Débora Mazza (FE-Unicamp), Profa. Dra. Márcia Leite (FE-Unicamp) e Prof. Dr. Vicente Rodriguez (FE-Unicamp)
Convidados: Liliane Bordignon e André Krein
Em 03 de dezembro de 2014, das 14h às 17h, na Sala da Congregação da FE-Unicamp
Realização: GPPE/FE-Unicamp

quarta-feira, 26 de novembro de 2014

COMUNICAÇÃO


Movimento estudantil paranaense: as memórias dos estudantes versus os documentos da vigilância política (1979-1985) 
Convidado: Profa. Dra. Silvana Lazzarotto Schmitt (Unicamp) 
Em 27 de novembro de 2014 das 15h às 18h na Sala da Congregação da FE-Unicamp 
Realização: HISTEDBR/FE-Unicamp

II Seminário CONHECIMENTO PARA O BEM COMUM: O PROTAGONISMO DOS EGRESSOS DA PÓS-GRADUAÇÃO


Acontece 15 e 16 de dezembro na UNIPLAC - Lages-SC

Convidamos todos a navegar na página para conhecer a proposta que discute
formas de aproveitar melhor os resultados das pesquisas acadêmicas para
aprimorar o que precisa ser transformado na sociedade.

http://www.egressosseminariolages.com.br/index.php

sábado, 22 de novembro de 2014

sexta-feira, 21 de novembro de 2014

XXVIII Simpósio Nacional de História

Apresentação

Entre 27 e 31 de julho, na cidade de Florianópolis, e com organização da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) e da Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC), conjuntamente com a diretoria da ANPUH, será realizado o XXVIII Simpósio Nacional de História. O evento, que ocorre a cada dois anos, constitui-se na principal reunião da área e sua diversificada programação atrai professores de todos os níveis de ensino, pesquisadores em diferentes estágios da carreira, profissionais e estudantes dos cursos de graduação e de pós-graduação. Estamos muito empenhados para realizar um evento marcante, capaz de abrigar o numeroso público que se inscreve no Simpósio e, simultaneamente, manter a alta qualidade acadêmica que nosso encontro deve ter.
Escolhida na Assembleia Geral do XXVII Simpósio, realizado na UFRN, em Natal, a temática desta edição não poderia ser mais oportuna: Lugares dos historiadores: velhos e novos desafios. Esse mote nos inspira a refletir sobre os diversos caminhos e desafios que se oferecem à produção do conhecimento na disciplina, questões sempre em pauta na ANPUH, mas, sugere também debater outros temas complexos e plenos de atualidade. Entre esses desafios atuais podemos destacar as candentes questões em torno das apropriações e usos do passado e do relacionamento da sociedade brasileira com eventos de sua história recente, em que a opinião profissional dos historiadores tem sido solicitada, o que torna urgente a reflexão sobre nosso papel social e os imperativos éticos envolvidos.
Sem dúvida, é fundamental estimularmos o debate sobre os lugares de atuação dos historiadores que, como cidadãos e como profissionais, labutam em diferentes espaços: salas de aula, arquivos, bibliotecas, instituições culturais e de memória, organizações sociais, entre outros. Por outro lado, o momento é adequado para reflexões sobre o lugar da historiografia brasileira que considerem sua inserção em escalas espaciais mais amplas, contemplando tanto configurações regionais como o contexto global. É necessário estarmos atentos para os mecanismos de produção do conhecimento, mas, também, para sua divulgação e ensino, levando em conta os impactos no sistema escolar e no mercado editorial. No contexto em que vivemos, vale a pena aproveitar a oportunidade de refletir sobre tais questões em vista da necessidade de reafirmar – e talvez até redefinir – o lugar que deve ser ocupado pelos historiadores no espaço público e na sociedade.
Organizada em torno desse amplo arco temático, a programação contará com oito conferências, proferidas por renomados historiadores nacionais e estrangeiros, doze Diálogos Contemporâneos, Simpósios Temáticos, Minicursos e Oficinas. Estas, uma inovação a ser introduzida no XVIII Simpósio, destina-se, sobretudo, aos professores do Ensino Fundamental e Médio, que terão a oportunidade de compartilhar suas experiências didáticas, assim como de participar de atividades de práticas, com vistas à formação continuada.
Cabe um agradecimento especial aos colegas que aceitaram participar da Comissão Científica, encarregada de selecionar as propostas de ST e Minicursos, cujos nomes estão registrados no site do evento.
Convidamos todos a visitarem o site do XXVIII Simpósio www.snh2015.anpuh.org